sábado, 2 de fevereiro de 2008

Me mostre aonde ir e eu chegarei até vc...


Me fala... ONDE? Onde é que eu vou encontrar uma garota como você? Com os pensamentos em sintonia tão idêntica que chego a indagar quem pensou primeiro... Bom, mesmo que exista, para mim não importa, pois tudo que tenho e tudo que preciso está em você.

Digamos que a nossa energia é a mesma, tornou-se a mesma há tempos e agora que começam a se fundir, eu me perco em seus pensamentos sem querer pensar nos meus e faço de você, minha identidade, nossa identidade, assim como dissera ainda hoje, talvez porque eu também pensara.

Só quero dizer que te amo, pois é o mínimo que posso fazer, uma nostalgia que me bate e me lembra do futuro, aquele que estou tendo com você desde os meus primeiros sonhos e se num sonho me perco, sem saber o que fazer, agora sei que tudo aquilo era você, me protegendo, me abrigando e eu estava alí perplexo, sem saber por onde começar, onde plantar a minha primeira semente e fazer a nossa própria energia germinar, um dentro do outro, como Ying-Yang. Como eu e você – Como nós.

Luiz Felipe

Google Website Translator Gadget

Seguidores